BEST OF JOY……………….

 

(Escrita por Michael Jackson. Produzida por Theron “Nef -U”

Feemester e Michael Jackson. Coproduzida por Brad Buxer. Vocais

guias e background: Michael Jackon. Vocais backgrounds

adicionais: Mischke).

 

Uma suave balada meio-tempo, “Bets of Joy” pode ser interpretada como

uma ode à música em si mesma. Jackson frequentemente se referia à música

como o primeiro “amor” dele, e, nesta música, como no clássico Jackson 5,

“Music and Me”, ele expressa apreciação pelo que a música representa para

ele. Em outro nível, isso poderia ser sobre um relacionamento, talvez,

direcionado aos fãs ou aos filhos dele, que o apoiavam, “quando todas as

paredes desabam”. Por fim, a música é sobre um tipo de amor sustentável,

seguro, profundo, que é incondicional e eterno.

 

Uma das últimas gravações de Jackson, “Best of Joy” foi a última

gravada no Bell-Air Hotel, em Los Angeles, em 2008. A melodia veio em um

momento de inspiração. “[Michael] diria melodias são anciãs”, recorda

Theron Feemster. “Elas estão no céu, esperando ser colhidas”.

 

“Quando o expressado som da imaginação dele parecia certo, ele olharia para mim com

um sorriso calmo e diria: ‘Isto está legal, não está? ’” Essa mesma inspiração

parecia guiar a produção da música, a qual, maravilhosamente, acompanha o

falsete sem esforço de Jackon e ricas harmonias.

 

O final captura, lindamente, a essência da música, quando o refrão, “Nós somos eternos, eu sou eterno…”, lentamente, dissolve-se com a música.

Source….themaninthemusic.blogspot.com.br

Advertisements