He gives another smile, tries to understand her side
To show that he cares
She can’t stay in the room
She’s consumed with everything that’s been goin’ on
She says

Chorus:
Whatever happens, don’t let go of my hand
Everything will be alright, he assures her
But she doesn’t hear a word that he says

Preoccupied, she’s afraid
Afraid that what they’re doing is not right
He doesn’t know what to say, so he prays
Whatever, whatever, whatever

Chorus
Whatever happens, don’t let go of my hand
Don’t let go of my hand
Whatever happens, don’t let go of my hand
Don’t let go of my hand

He’s working day and night, thinks he’ll make her happy
Forgetting all the dreams that he had
He doesn’t realize it’s not the end of the world
It doesn’t have to be that bad
She tries to explain, “It’s you that makes me happy,”
Whatever, whatever, whatever

 

O que quer que aconteça

Ele dá outro sorriso, tenta entender o lado dela

Para mostrar que ele se importa

Ela não consegue ficar no quarto

Ela é consumida com tudo o que vem acontecendo

Ela diz que

 

Refrão:

O que quer que aconteça, não solte das minhas mãos

Tudo ficará bem, ele garante a ela

Mas ela não ouve uma palavra que ele diz

 

Preocupada, ela está com medo

Com medo de que o que está fazendo não é certo

Ele não sabe o que dizer, então ele reza

O que quer, o que quer, o que quer

 

Refrão:

O que quer que aconteça, não solte das minhas mãos

Não solte das minhas mãos

O que quer que aconteça, não solte das minhas mãos

Não solte das minhas mãos

 

Ele está trabalhando dia e noite, acha que ele vai fazê-la feliz

Esquecendo todos os sonhos que ele tinha

Ele não percebe que isto não é o fim do mundo

Ele não tem que ser ruim

Ela tenta explicar: “É você que me faz feliz”

O que quer, o que quer, o que quer

 

 

Advertisements